Centro de Tecnologia - Campus A.C. Simões
Universidade Federal de Alagoas
Av. Lourival de Melo Mota, s/n, Cidade Universitária

Maceió - Alagoas, 57072-970

ACOMPANHE AS NOSSAS REDES SOCIAIS

SIGA-NOS

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Google+ - Black Circle

© 2019 por PET Engenharia Civil - UFAL.

Parte 2

As primeiras seleções

Texto retirado e adaptado do livro "20 anos do Programa de Educação Tutorial de Engenharia Civil da Universidade Federal de Alagoas: além do espelho", escrito pelo professor Roberaldo Carvalho de Souza.

           A notícia da aprovação da proposta do PET junto a CAPES causou muito reboliço naqueles que participaram da sua elaboração, pois aquele era o primeiro projeto em nível nacional aprovado pelo Curso de Engenharia Civil da UFAL. 

            O mês de dezembro de 1988 foi pautado em leitura sobre o Manual de Orientações Básicas editado pela CAPES no que diz respeito ao exame de seleção e perfil do Petiano. Recordo-me de um episodio ocorrido nas dependências do antigo EEM quando um grupo de alunos veio procurar o Prof. Nazaré para que a secretaria do Departamento providenciasse a ementa da disciplina Desenho que, na época, era lecionada pelo prof. Ivan Timóteo lotado no EEM. Esses alunos estavam organizando a documentação para a transferência para a UFPB, pois era considerada a melhor Instituição Federal na área das Engenharias no nordeste. Foi quando pela primeira vez senti que era necessário conversar mais com os alunos e divulgar o PET perante a comunidade, inclusive trazendo os professores de física, matemática e química para participar mais ativamente do Colegiado do Curso de Engenharia Civil. Aquele grupo de alunos era liderado pelo Eduardo Setton que hoje é um dos baluartes do Centro de Tecnologia na área de Informática através dos vários convênios e projetos com a Petrobrás.

           Naquele ano entravam 60 (sessenta) alunos no Curso, 30 no 1º semestre e 30 para o 2º semestre. O famoso triângulo das bermudas, denominação criada pelos alunos, o qual englobava os Departamentos de Matemática, Física e Química fazia com que, no máximo, só 20% desses alunos chegassem periodizados no quarto e quinto períodos onde os estudantes poderiam concorrer par auma vaga no PET de acordo com o Manual. O exame de seleção para a primeira turma foi realizado conforme preconizava o Manual de Orientações Básicas e naquela oportunidade inscreveram-se 07 alunos, mas só 05 alunos foram classificados e, desses, 04 foram selecionados: Guilherme de Amorim Braga, Eduardo Setton Sampaio Silveira, Gustavo Silva de Carvalho e Walter Pereira Vianna Junior.

           A preparação dessa primeira turma constou de aulas de reforço de cálculo, física e informática implementadas pelos professores Severino, Edmilson Pontes, Adeildo, entre outros. Ao longo dos 05 primeiros anos de existência do PET sempre tivemos a participação ativa de diversos outros professores da física e matemática como o Sinvaldo Silva da Gama, Hilário Alencar da Silva, Kleber Cavalcante Serra, no que diz respeito aos cursos de curta duração em Equações Diferenciais, Cálculo Vetorial, Análise de Números Complexos, entre outros.

           No ano de 1990 aconteceu a seleção para a segunda turma e, como era de se esperar, foi um pouco mais concorrida do que a primeira devido a uma melhor divulgação do Programa junto aos alunos do Curso por parte principalmente dos professores dos departamentos de matemática (Edmilson Pontes, Francisco Vieira, Hilário Alencar, Benedito Pontes, Sinvaldo Gama) e física (Kleber Serra, Solange Bessa, Roberto Jorge, José Euclides de Oliveira, Evandro Gouveia). Naquela oportunidade foram selecionados os alunos Alexandra Rios Cabral, Mauricio Moreira e Silva Bernardes e Valmir de Albuquerque Pedrosa. 

           Com a seleção de novos alunos no ano seguinte o PET do curso de Engenharia Civil completou os seus 12 componentes e , a partir daí, o objetivo era consolidar o grupo junto a Universidade e a CAPES. E, em um primeiro momento, foi exatamente o que ocorreu com a festa de comemoração dos 03 anos de existência do programa tendo como fato mais importante a inauguração da sala "Prof. Edmilson Vasconcelos Pontes", sala que inicialmente ficava inicialmente no antigo Laboratório de Informática, no CTEC Velho, mas, em janeiro de 1996 com a compreensão e autoridade que lhe competia como diretor do CTEC, o professor Williams Soares cedeu a antiga sala do seu vice-diretor para o PET. Essa sala abriga o grupo até os dias de hoje.

Confraternização da festa dos 03 anos de existência do PET com as presenças dos professores Francisco Vieira Barros (Chico Potiguar) e Edmilson Pontes.